Vou contar o q me aconteceu numa viagem q fiz para SP, na verdade o q contaei aq aconteceu logo nos primeiros minutos da viagem e só aconteceu pq eu cheguei atrasdo na rodoviaria, mas vamos a historia…
Como eu ja disse tudo aconteceu pq eu cheguei atrasado na rodoviaria, mas quando eu cheguei o motorista do onibus q estava la disse q eu poderia pegar ele pois encontraria com o meu onibus numa cidade no meio do caminho, então peguei o onibus e logo q entrei ja vi q uma das primeiras poltronas estavam desocupada, pedi licença a moça q estava sentada na poltrona da janela e perguntei se ali havia alguem ocupando… a moça então muito sorridente me disse q eu poderia sentar ali sim e foi o q fiz, sentei e segui viajem
Diante da situação comecei a reparar na moça q estava do meu lado, ela tinha pele morena clarinha, olhos e cabelos castanhos, devia ter + ou – 1,65 de altura e uns 20 anos

O onibus fez a primeira parada em uma cidade, verifiquei se meu onbus estava la e logo fui avisado q ele estaria esperando numa cidade 100km depois então voltei a sentar do lado da bela moça q nem mesmo sei o nome, depois de algum tempo senti ela encostando a cabeça em meu ombro, olhei pra ela e ela desencostou pedindo desculpa e dizendo q estava com sono, então disse q ñ me importava e q ela aproveitasse enquanto eu estivesse ali, ela então voltou a encostar sua cabeça em meu ombro, depois de mais um tempo passado ela jogou um travesseiro dela em cima das minhas pernas e foi colocando a mão por debaixo, nesse momento minha excitação almentou rapidamente ao sentir suas mãos acariciando meu pau, por sorte as primeiras poltronas a nossa volta estavam vazias e ela colocou a mão por dentro da minha calça e começou a me masturbarsuas mãos eram pequenas e quentes e faziam movimentos de vai e vem deliciosos, movimentos q começaram lentamente e foram almentando até q no momento em q ela pegou na cabeça ñ aguentei e gozei na mão dela, ela então se levantou e foi ao banheiro

Depois de uns minutos resolvi ir atras dela, bati na porta – um passageiro então me disse q estava ocupado ja fazia um bom tempo e eu falei q era uma amiga q poderia estar passando mal – ao terminar de falar ela abriu a porta e eu entrei junto com ela naquele minusculo banheiro q deixava nos dois juntinhos, nem tive tempo de falar nada e ela veio me beijando e tirando meu pau pra fora da calça e enqunto ela começava a me masturbar de novo eu com muita dificuldade abaixei as calças dela afastei de lado sua minuscula calcinha e ela foi direcionando meu pau até sua buceta e logo fui enfiando todo meu pau dentro dela, quando ela sentiu q fui bem dentro de sua buceta ela soltou um gemido q eu abafei com outro beijo…

Ergui uma de suas pernas e fiquei segurando pelas coxas para facilitar a penetração naquele lugar apertado, comecei a meter bem devagar pois tb ñ podia fazer muito barulho, ela gemia e suspirava falando q estava gostoso d+ e queria mais, eu logo comecei a meter mais forte e rapido, sentia q ela segurava o gemido pra ñ fazer barulho enquanto eu metia cada vez mais rapido e forte segurando suas coxas deliciosas metia e sentia sua buceta toda q era bem molhada e apertadinha, ela pedia mais e eu metia com mais rapidez

Ela então pediu q eu metesse mais forte e rapido pois ela ia gozar, então com ela de pé juntei ela ao meu corpo puxando-a pela sua bundinha carnuda e deliciosa e comecei a estoca-la com rapidez, nesse momento era inevitavel nosso barulho então ela começou a fingir q passava mal e eu tentava ajudar, mas os q os outros passageiros ñ ouviam eram minhas estocadas em sua buceta, notei q ela estava pra gozar e dei estocadas fortes bem fundo na sua buceta, dei umas cinco estocadas fortes e gozei junto com ela q se jogou em meus braços, parecendo exausta da fudida q eu havia dado nela, logo depois saimos do banheiro e o passageiro do lado perguntou se ela estava bem e ela respondeu suspirando q estava otima, e em minutos eu ja estaria pegando o outro onibus q eu havia perdido.