Isso que contarei agora aconteceu comigo a pouco tempo com minha amiga Karen, ela é uma garota de 18 anos, morena clarinha, olhos e cabelos castanhos compridos um pouco abaixo do ombro, deve ter por volta de 1,65 de altura, e um corpo gostosinho, peitos médios firmes e um bubum redondinho e arrebitado. Eu sou um cara branco com olhos e cabelos pretos curtos, fisico normal sem ser malhado mas com barriga lisinha, com 1,75 de altura e um membro de uns 20 cm de comprimento.

Mas vamos aos fatos, estava eu numa tarde no meio da semana, uma quinta feira chuvosa sentada na minha varanda olhando a chuva cair, foi quando vejo chegar no portão de casa a Karen pedindo pra entrar até passar a chuva… logo abri o portão e ela entrou, fui então pegar uma toalha para que ela pudece se secar ja que estava um pouco molhada, ela então secou um pouco os cabelos mas se recusou a secar o corpo falando que que assim ela estava refrescando do calor, e me pediu um copo d´agua, levei ela até a cozinha e lhe dei o copo d´agua, enquanto ela bebia olhava para uns imãs na porta da geladeira.

Nesse momento tambem bebendo agua não pude deixar de reparar e fiquei olhando como ela ficava ainda mais gostosa molhada, seus seios estavam aparecendo levemente (principalmente os bicos) pela blusinha azul clara de alcinha q ela usava e que estava molhada, continuei olhando e não pude deixar de notar na calcinha branca dela enfiada na bundinha gostosa dela, ela usava um shortinho bege clarinho curto que realçava ainda mais suas coxas que tambem estavam molhadas, aquilo tudo me deixou muito excitado e não resistindo decidi partir pro ataque mesmo sabendo que ela tinha namorado.

Então fui por traz dela com o papo de mostrar um imã que achava legal e ja fui esfregando meu pau duro pela sua bundaaté encaixar bem no meio do reguinho dela, Karen nessa hora não se conteve e deu uma pequena gemida e apoiou as mãos na geladeira, enquanto isso fui passando a mão pela barriguinha dela e subindo querendo alcançar seus seios, e em meio a gemidos ela pedia para parar na verdade pedindo mais, meu tesão era grande e meu pau latejava dentro do meu short e não resistindo mais abaxei meu short e em seguida o short dela, coloquei a calcinha dela pro lado e comecei a penetrar, o tesão de Karen era tão grande que ela só suspirava sem falar nada, e sem resistencia eu ja começava a meter mais, ela com as mãos apoiadas na geladeira empinava a bundinha.

A chuva caia forte la fora e viamaos pela porta da cozinha, foi então que ela pediu pra ir na chuva e saiu em direção ao quintal de calcinha e blusinha, e eu sai atras com meu pau ja pra fora só com uma camiseta, quando chegamos ao fundo do quintal ela se encostou na parede de traz da casa e nisso tirei minha camiseta ficando totalmente pelado debaixo da chuva, e fui tirando a blusinha de Karen que esticando os braços pra cima parecia pedir por mais, abaixei a calcinha dela e novamente comecei a penetra-la.

A cada estocada ela gemia de tesão, a chuva que caia sobre nos deixava ela ainda mais gostosa e enquanto eu metia na buceta dela chupava os seus seios molhados com tesão, dava chupões, mamava gostoso nos bicos dela e mordia-os, ela gemia e suspirava de tesão e pedia mais, eu então me encostei ao corpo dela e metia mais forte e rapido enquanto mordia e chuava o pescocinho dela e a beijava sentia os seios dela no meu peito me dando ainda mais tesão.

Eu cada vez mais queria meter nela, então a virei de costas pra mi, ela se apoiando com a mãos na parede arebitou a bunda novamente e pediu pra meter forte e fazer ela gozar, a preimeira penetração fiz com força e rapidez jogando o corpo dela pra frente e fazendo ela soltar um pequeno grito, e assim continuei bombando forte na buceta dela, enquanto com uma mão segurava sua bundinha e dava alguns tapinhas deixando ela doida de tesão com a outra mão segura forte seus seios apertando-os e acariciando, nosso tesão era muito grande gemiamos juntos a cada metida que eu dava, eram estocadas fortes debaixo de muita chuva, nossos crpos molhados nos dava ainda mais tesão.

Karen então começou a pedir mais e gritar dizendo que ia gozar, minhas estocadas eram fortes e rapidas, ela suspirava forte e gemia, eu então almentei um pouco o ritmo e nessa momento auvi ela gemer e falava que estava gozando e nisso gozei junto com ela, com estocadas fortes na buceta dela que enchi de porra, após isso ela se virou e abaixou na minha frente, chupando meu pau que ainda escorria meu gozo junto com a agua da chuva.

Depois disso ficamos dentro de casa esperando a chuva pasar, coloquei nossa roupa pra secar, e enquanto isso ficamos sentados no sofá nos acariciando, eu pegando nos seios dela e chupando enquanto masturbava ela com meus dedos e ela me masturbava com sua deliciosa mãozinha, e quando a chuva parou e ela foi embora ja tinhamos gozado mais algumas vezes só com essas brincadeiras e pegação.